Brincadeiras

SUGESTÕES DE ATIVIDADES DOS CMEI'S

Todas as atividades devem ter o acompanhamento seguro de um adulto

A MULHER DO SAPO

Vamos brincar? Esta música é para mexer com toda a família!

“A Mulher do Sapo” é uma brincadeira fácil e divertida, basta escutar a música e dançar no seu ritmo. Todos deverão realizar os gestos e movimentos que a música propõe, como: bater palmas, ficar em pé e pular.

AMARELINHA

Idade: a partir de 5 anos

Número de participantes: a partir de 1

Faça o desenho da amarelinha no chão e enumere os quadrados de 1 a 10. A criança joga uma pedra na primeira casa e, em um pé só, a pula e vai até a última. Na volta, pega a pedra do chão. Na próxima rodada, joga a pedra na casa 2 e vai até o fim em um pé só. E assim sucessivamente. Não pode colocar o segundo pé no chão, nem errar a casa.

CMEI Aprendendo e Crescendo

ESTÁTUA

Idade: a partir de 2 anos

Número de participantes: a partir de 3

Uma das crianças é escolhida como o chefe e as outras devem estar posicionadas de frente para ele. O chefe designa qual será a estátua. Pode ser de cachorro, passarinho, gato, cobra… Então, quem está no comando escolhe a estátua mais bonita, mais feia ou mais engraçada. Pode-se também colocar uma música para tocar e quando o chefe aperta o stop, todos param! O chefe vai a cada jogador e os provoca. Quem se mexer, perde!

CMEI Aprendendo e CrescendO

TINTA CASEIRA

CESTO DOS TESOUROS

AREIA DA LUA

BRINCAR DE ENCENAR/TEATROIntérprete de Libras Felipe

BRINCAR DE ENCENAR / TEATRO

Faixa etária: a partir de 03 anos para a confecção do personagem. Para os menores, a sugestão seria o adulto criar um personagem e apresentar para a criança, fazendo sons de animais, brincar de esconder e aparecer (achou!) com o personagem, cantar músicas conhecidas, etc.)

A brincadeira de teatro além de ser divertida trabalha as expressões e gestos, favorece também a interação e a comunicação. Nesta brincadeira a criança poderá criar seu personagem e representar usando sua imaginação.

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

Veja algumas dicas para tornar esta brincadeira divertida e de grande aprendizado:

Criando o personagem:

Para criar um personagem o adulto poderá dispor de tampinhas, palitos, durex, caixas de diversos tamanhos, meias, rolinhos de papel, etc. Deixar que a criança explore os objetos e, com a ajuda do adulto, crie seu personagem com eles.

Hora da diversão:

Depois que o personagem estiver pronto, a criança poderá criar histórias com o auxílio do adulto e apresentar em uma caixa de papelão, por exemplo, cantar músicas utilizando o mesmo e se divertir imaginando as falas, sons e jeitos deste personagem em inúmeras brincadeiras.

PINTURA FACIAL

Que tal preparar uma tinta e pintar o rosto da criança? E que tal deixar a criança soltar a imaginação e pintar o rosto da família? Tenho certeza que será uma experiência inesquecível!


CMEI Raimunda Boeng Gorges - Educadora Juliana de Fátima Cardoso
PINTURA FACIALIntérprete de LIBRAS Tamires

PINTURA REFRESCANTE

Que tal preparar uma tinta gelatina? Dá até pra aproveitar um restinho de pó do momento culinária! E deixar a criança soltar a imaginação…


CMEI Raimunda Boeng Gorges - Educadora Juliana de Fátima Cardoso

PINTURA GELADA

Que tal preparar uma tinta que derrete? E que tal perguntar pra criança porque isso acontece? Essa pintura é excelente para ser feita em muros e calçadas em dias de calor…


CMEI Raimunda Boeng Gorges - Educadora Juliana de Fátima Cardoso
DESENHO EM DIVERSAS SUPERFÍCIESIntérprete Juliana

DESENHO EM DIVERSAS SUPERFÍCIES

Faixa etária da proposta: Propostas destinadas à partir dos três anos.

Descrição das propostas: Primeiro, com o auxílio de durex ou dupla face, deve ser colado folhas embaixo da cadeira, mesa, parede, no chão ou em lugares que o adulto ache que pode ser divertido e conveniente. O mais importante é conversar com a criança, para que fique claro que o desenho deve ser realizado no papel. Após disponibilizar materiais riscantes, como: canetinhas, lápis de cor, giz de cera, etc.

A proposta contribui com a noção espacial da criança, criando oportunidades diferenciadas para o desenvolvimento e novas possibilidades de pinturas.

CMEI Raimunda Boeng Gorges - Mabel e Thais

BRINCANDO COM GARRAFA

Faixa etária: a partir de 1 ano.

Materiais: Garrafa pet, canudinho, palito de sorvete ou outro objeto que passe pelo gargalo da garrafa.

Como fazer: O responsável deve incentivar a criança a colocar os objetos dentro da garrafa, mostrando a ela como se faz. Após colocar todos os objetos, explorar o som emitido ao balançar a garrafa.

Habilidades desenvolvidas: desenvolve a coordenação viso motora, controlando gradualmente o próprio movimento e aperfeiçoando-o. Desenvolve a percepção auditiva ao produzir som com o objeto.

BASQUETE DIFERENTE

Faixa etária da proposta: Propostas destinadas à partir dos dois anos.

Descrição das propostas: A brincadeira é muito divertida de se fazer em casa, pode ser usado um balde ou caixa como cesto e uma bola ou até mesmo um brinquedo para arremesso, o cesto pode ser colocado no chão. Iniciar com um distanciamento pequeno do cesto e conforme a criança acerte a distância será aumentada, aos poucos, para que fique mais emocionante. Outra variação é pedir que a criança arremesse de costas, pulando, com os olhos fechados, com uma só mão, entre outras.

A proposta contribui para o desenvolvimento da coordenação motora, além de ser muito divertida.

CMEI Raimunda Boeng Gorges - Mabel e Thais

PIPOCA MALUCA

Atividade recomendada a partir de três anos

Como brincar: solicitar para que as crianças se organizem livremente pelo espaço, ao sinal do adulto, elas deverão correr por algumas direções. Quando o adulto falar ”pipoca maluca”, as crianças começarão a pular com um dos pés ou com os dois conforme a orientação. A um novo sinal, as crianças voltam a correr e inicia a próxima rodada.

CMEI Preparando o Futuro

COBRA RASTEJANTE

Atividade recomendada a partir de três anos.

Como brincar: as crianças deitam no chão em uma superfície lisa com a barriga para baixo, ao comando do adulto elas deverão ir rastejando até determinado ponto e depois retornar, ao longo da brincadeira poderão ser colocados vários objetos para dificultar o trajeto.

CMEI Preparando o Futuro

MORTO-VIVO

Idade: a partir de 3 anos

Número de participantes:a partir de 3

Coloque as crianças em uma fila. Uma delas (que precisa estar fora da fila) ou você mesmo, fica de frente. Quando disser “morto”, elas devem se abaixar. E quando for “vivo”, elas precisam estar de pé. O condutor deve ir alternando as palavras e a velocidade. Quem errar, está fora da brincadeira.

CMEI Aprendendo e Crescendo

BOLHAS DE SABÃO

Idade: a partir de 2 anos

Número de participantes: a partir de 1

Misture duas colheres de sopa de detergente em um copo de água. Mexa bem e com um canudinho assopre. Quanto mais devagar a criança assoprar, maior ficará o bolha.

CMEI Aprendendo e Crescendo

GATO MIA

Faixa etária da proposta: propostas destinadas a partir dos 05 (cinco) anos

Descrição das propostas: Trabalhar o movimento por meio de jogos ou brincadeiras de socialização, criando ou modificando novas regras de brincar, fortalecendo a sua identidade e autonomia.

No decorrer da atividade é de extrema importância que as crianças estejam acompanhadas e estimuladas por um adulto durante a realização da brincadeira.

Encaminhamentos metodológicos:

Brincadeira gato mia: Com o auxílio de um adulto prepare um lugar para a realização da brincadeira. Para isso alguém deve escolher uma criança para ser o gato. Este deve se esconder em algum lugar e ao chamado “gato mia” do restante das crianças, ele deve miar, para que assim as crianças possam procurar por ele através de seu miado. Quando o gato é encontrado, ele deve correr para não ser pego. O nome dessa atividade é semelhante a brincadeira de pique - esconde. Ao desenvolvimento da brincadeira, trocam-se os gatos.

CMEI Raimunda Boeng Gorges - Chavelli e Francikelly

ROLAMENTOS

-convide toda família para participar!

Não esqueça que para realizar qualquer atividade física precisamos alongar. então, vamos começar:

1. realize o alongamento “borboletinha”: sentar no chão e unir os dois pés. para ficar divertido cantar a música “borboletinha”. com os pés juntos inclinar o corpo para frente tentando alcançar os pés e esticando os joelhos.

2. brincadeira do equilíbrio: desenhar no chão (com fita crepe ou barbantes e fios) linhas retas, ondulações e círculos pelo espaço, andar sobre essa linha colocando um pé na frente do outro conforme a imagem abaixo

EM Frei Egidio Carloto - Adriana Munhoz Zonatto

BRINCADEIRA FAZER CARETAS NO ESPELHO

Faixa etária da proposta: propostas destinadas à partir dos dois anos.

Trabalhar os sentidos e as sensações desenvolvendo e ampliando seus conhecimentos, pensamentos críticos, autoconhecimento como suas emoções, sensações e a motricidade ampla e fina.

No decorrer da atividade e de extrema importância que as crianças estejam acompanhadas e estimuladas por um adulto durante a realização da brincadeira.

Através desta proposta o processo de ensino e aprendizagem da criança, será trabalhado de forma lúdica, buscando desenvolver novas habilidades motoras das crianças.

Descrição das propostas:Está brincadeira deve ser realizada em frente ao espelho, e necessário que o adulto sempre estimule a criança observar a própria imagem. Peça que a criança comece a fazer caretas como chorar, rir, sério e etc. Essa é uma boa atividade para ampliar a consequência corporal identificando peculiaridades no próprio rosto e no rosto das outras pessoas.

CMEI Raimunda Boeng Gorges - Chavelli e Maria Virgínia

BRINCADEIRA PEGADAS COM ÁGUA

No primeiro momento a família irá solicitar que o (a) seu (sua) filho (a) tire o sapato. E em algum ambiente seguro e agradável em sua casa, será iniciado a brincadeira.

No segundo momento será colocado uma bacia com água na frente da criança. Na sequência a criança deverá pisar descalça na água e ir marcando com suas pegadas molhadas o caminho que desejar. Durante o percurso da criança e muito importante que os pais brinquem com as crianças, para que eles se sintam valorizados.

Observação: Para o desenvolvimento da brincadeira poderá ser utilizados formas e materiais alternativos como: molhar os pés em uma poça de água na calçada, feito por um adulto.

CMEI Raimunda Boeng Gorges - Chavelli e Maria Virgínia

BOLHAS DE SABÃO

CMEI Tatiana Belinky

MANICURE

Utilizando uma caneta, canetinha ou lápis, solicite que a criança contorne sua mão em um pedaço de papelão. Em seguida, recorte em volta do contorno e delimite a região das unhas. Utilizando esmalte ou tinta guache, solicite que a criança pinte a região das unhas como se estivesse fazendo uma manicure.

CMEI Pequeno Príncipe - Educador Flávio


DESENHO COM SOMBRAS

Em uma proposta que pode valorizar brinquedos e/ou objetos prediletos que a criança gosta e sem ela perceber potencializar seu aprendizado quanto ao registro por meio do desenho.

  1. Vá com a criança até seu baú/caixa de brinquedos e peça para ela escolher alguns brinquedos prediletos.

  2. Explique que o desenho será uma forma de eternizar, de uma outra forma, aquele objeto afetivo.

  3. Em um ambiente um pouco mais escuro, com uma lanterna, foco ou celular, ilumine o objeto de uma maneira que faça sombra no caderno, papel sulfite ou suporte que disponibilizar.

  4. A proposta também pode ser feita no quintal, utilizando o sol como foco de luz para sombra, dessa maneira poderão conversar sobre os elementos naturais e o movimento do sol...

  5. Com sua ajuda e utilizando o riscante que dispor a criança poderá registrar vários objetos, use a imaginação e divirta-se com seu filho, ensinando-o que um desenho completo contempla as diversas partes do objeto.

Atividade recomendada a partir de dois anos.

CMEI Tatiana Belinky

MÚSICAS PARA BEBÊS

Em uma proposta que pode valorizar as relações familiares e a aprendizagem da oralidade, por meio de uma proposta lúdica, cantando músicas.

  1. TARTARUGA: Use um objeto para fazer ‘toc toc’ batendo com a mão fechada após a palavra dura.

Como toda tartaruga, levo minha casa comigo, que é feita de casca dura, para proteger do inimigo...
  1. PAPAGAIO LOURO: Utilize as mãos para trabalhar também o movimento, pode ser batendo palminhas e ao final um abraço, cócegas ou vários beijinhos no bebê.

Papagaio louro do bico dourado,mande essa cartinha para o meu namorado,se estiver dormindo bata na porta,se estiver acordado de o recado,braxa, brexa, brixa, broxa, bruxa...
  1. SONS COM MINHA BOCA: Primeira frase estale a língua como um galope, na segunda estale o lábio como o barulho da pipoca na panela, na terceira encha a bochecha de ar e esvazie rapidamente e na última mande beijinhos.

Cavalinho faz assim,a pipoca estoura assim,com a bochecha eu faço assim,para você mando beijinhos assim,E vou dormir....

Atividade recomendada de 4 meses até 2 anos.

CMEI Tatiana Belinky

BRINCADEIRA: QUENTE OU FRIO?

Faixa etária: A partir dos 4 anos

Material: um objeto pequeno que possa ser escondido facilmente.

Como brincar: Nesta brincadeira uma pessoa (de preferência começar com um adulto) mostrará aos participantes, o objeto a ser escondido, depois pedirá aos participantes (um, dois ou mais) que se virem para a parede ou fiquem em outro cômodo da casa enquanto o objeto será escondido. Logo após começará a procura deste objeto. Quando estiver longe do objeto escondido o responsável dirá “Está frio!” E ao chegar perto dirá “Está quente!” Quem achar o objeto será o próximo a escondê-lo.

Habilidades desenvolvidas: amplia o repertório oral, favorece o desenvolvimento motor e estimula a atenção, concentração e a memória visual.

CMEI Montero Lobato - Pedagoga Sonia Paloma de Oliveira Osik

CADA UM NA SUA CASA

A partir de 4 anos

Utilizando rolinhos de papel higiênico, um recipiente de amaciante, detergente ou até mesmo uma garrafa pet e alguns pedacinhos de papelão, organize um pequeno circuito como ilustrado na imagem. Solicite que a criança aperte o recipiente escolhido de forma que produza vento na região da tampa. Em seguida solicite que ela repita esse movimento na direção dos pedacinhos de papelão até que este se encaixe dentro do rolinho de papel higiênico.

Sugestão: As casinhas de papel higiênico não precisam ser numeradas. Existe ainda a possibilidade de pintá-las de cores diferentes, bem como cada pedacinho de papelão.

CMEI Pequeno Príncipe - Educador Flavio

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

TELEFONE SEM FIO

Faixa etária: a partir dos 3 anos.

Materiais: Um pedaço de barbante e dois copinhos de iogurte.

Como fazer: O responsável deve realizar um pequeno furo no copinho de iogurte e passar o barbante por ele, dando um nó. A outra ponta também, de forma que os dois copinhos fiquem juntos por meio do fio.

Como brincar: Os participantes se colocam próximos, deixando o barbante bem esticado. Quem fala posiciona o copo nos lábios, e quem ouve no ouvido. A brincadeira é se comunicar por meio do telefone.

Dicas: com crianças mais novas, em vez de frases diga apenas uma palavra por vez.

Habilidades desenvolvidas: amplia o repertório oral, favorece a comunicação e estimula a memória e criação de histórias.

CMEI Montero Lobato - Pedagoga Letícia Mª S. R. Cavanha

TELEFONE SEM FIO

Idade: a partir de 3 anos

Número de participantes: a partir de 3

As crianças devem ficar em círculo ou enfileiradas. A primeira cria uma mensagem e fala no ouvido da próxima. A mensagem vai passando adiante, cada um dizendo aquilo que entendeu. O último participante deve dizer, em voz alta, o que ouviu. Se estiver correto, o criador da mensagem vai para o fim.

EM Aprendendo e Crescendo

ALINHAVO CLIMÁTICO

a partir de 3 anos

Em uma folha sulfite ou creative da cor azul na orientação vertical, desenhe duas nuvens na parte superior como ilustrado na imagem. Em seguida disponha vários pedacinhos de canudinho pela folha (você também poderá utilizar rolinhos de folha sulfite recortados). Solicite que a criança passe um barbante por esses canudinhos como ilustrado na imagem.

CMEI Pequeno Príncipe - Educador Flávio

PISTA DE CARRINHOS

  1. Separe um papelão, tesoura, cola e tinta.

  2. Utilize outras embalagens para criação, conforme sua criatividade e intenção, por exemplo, caixa de leite, rolinho de papel higiênico, tampas...

  3. Mostre os elementos ao seu filho e disponha tarefas que ele possa fazer.

  4. Pintar a pista vai ser a maior diversão.

  5. Mostre para ele a montagem, colando os elementos para fazer rampas, viadutos, garagem...

  6. E quando a pista estiver pronta e seca, para que a brincadeira possa ser divertida, mostre a ele como se brinca utilizando o carrinho e a imaginação na composição de histórias.

CMEI Tatiana Belinky

ALERTA COR

CMEI Rosi Galvão

CAIXAS DIVERTIDAS

INDEPENDENTE DA FAIXA ETÁRIA A ATIVIDADE PODE SER MUITO DIVERTIDA E PARA ISSO BASTA DEIXAR AS CAIXAS DISPONÍVEIS, ELES VÃO ENTRAR, SUBIR... É UMA ATIVIDADE SIMPLES, MAS QUE PRENDE A ATENÇÃO.

CMEI N.Sª Perpétuo Socorro

CARRINHO DE MÃO

Idade: a partir de 4 anos

Número de participantes: 2

Enquanto a criança coloca as mãos no chão, com os braços estendidos, o adulto (ou outra criança) levanta suas pernas e empurra, como se fosse um carrinho de mão.

CMEI Aprendendo e Crescendo

CARAS E CARETAS

Fazer caretas é uma brincadeira simples, divertida

e que pode render muitas gargalhadas!

Faixa etária: desde bebês

Estimule a criança a fazer caretas imitando as expressões faciais de outra pessoa, seja pessoalmente ou por meio de uma imagem: sorrindo, bravo, mostrando a língua, triste, chorando, etc.

A criança poderá também fazer as caretas na frente de um espelho e criar novas expressões.

Esta brincadeira trabalha o reconhecimento das expressões, estimula a desinibição e a criatividade.

MÍMICA

Idade: a partir de 3 anos

Número de participantes: a partir de 2

A criança tem três minutos para representar, apenas com gestos, e os outros devem adivinhar.

CMEI Aprendendo e Crescendo

BOLICHE

Idade: a partir de 2 anos

Número de participantes: a partir de 2

Faça os pinos com garrafas pet, cheias até a metade. Depois, com uma bola, o jogador deve tentar derrubá-las. Em cada rodada, o participante pode tentar duas vezes.

CMEI Aprendendo e Crescendo

BALÃO FUJÃO

Idade: de 5 a 10 anos

Número de participantes: a partir de 2

Trace uma linha de partida e uma de chegada. Cada jogador segura uma bexiga e um pedaço grande de papelão. Ao seu sinal, cada criança coloca sua bexiga no chão e a abana com o papelão, na direção da linha de chegada, e a traz de volta da mesma forma. O primeiro que terminar o percurso, ganha a corrida.

CMEI Aprendendo e Crescendo

PULAR CORDA

Idade: a partir de 4 anos

Número de participantes: de 1 a 5

Duas crianças seguram a corda, uma em cada ponta, e fazem com que ela gire. Os outros participantes precisam pular a corda, que está em movimento. Isso pode ser feito com batidas lentas ou muito rápidas. Sai do jogo quem tropeça na corda. Também dá para pular em grupo, entrando um de cada vez ou todos juntos. Se a criança estiver sozinha, ela pode girar a corda com as duas mãos e pular!

CMEI Aprendendo e Crescendo

CASA DE CARTAS

Idade: de 5 a 12 anos

Número de participantes: a partir de 2

As crianças devem juntar duas cartas e equilibrá-las de modo a criar um formato piramidal. Ao fazer vários “triângulos” dessa forma, é possível colocar uma carta na horizontal acima de dois triângulos e, assim, formar a base para o segundo andar. A ideia é formar um castelo, tomando muito cuidado para não derrubar tudo.

CMEI Aprendendo e Crescendo

DANÇA DAS CADEIRAS

Idade: a partir de 4 anos

Número de participantes: a partir de 4

Separe algumas cadeiras, de acordo com o número de pessoas, menos um. Em uma fila indiana, os participantes devem circular pelas cadeiras, com as mãos para trás e ao som de uma música. Quando a música parar, elas devem se sentar na cadeira mais próxima. Quem ficou de pé é eliminado e uma cadeira deve ser retirada. Vence quem sentar na única cadeira que restar.

CMEI Aprendendo e Crescendo

O OBJETO OCULTO

Idade: de 4 a 10 anos

Número de participantes: de 4 a 12

Uma das crianças escolhe um objeto que está à vista no ambiente, diz a cor dele e espera que os outros jogadores o encontrem. Ela também pode dar outras dicas. O primeiro que achar o objeto escolherá o próximo, na próxima rodada.

CMEI Aprendendo e Crescendo

OS CINCO PULOS

Idade: de 6 a 7 anos

Número de participantes: de 4 a 8

Os participantes devem se colocar lado a lado numa linha imaginária. Dado o sinal, todas dão cinco pulos para a frente. Ganha quem parar mais longe.

CMEI Aprendendo e Crescendo

DESENHO MALUCO

Idade: a partir de 5 anos

Número de participantes: de 3 a 4

Dê uma folha em branco para cada participante. No alto da folha, cada um deve desenhar uma cabeça. Depois, dobram-se os papéis para esconder o que foi feito. Trocam-se as folhas e, então, cada um desenha o corpo. Repita as instruções, até que cada criança desenhe uma parte do corpo, sem ver a anterior. No fim, abra os papéis e veja os desenhos que se formaram.

CMEI Aprendendo e Crescendo

JOGO DOS PONTINHOS

Idade: a partir de 5 anos

Número de participantes: a partir de 2

Em um papel sulfite, coloque vários pontinhos, cada quatro formando um quadrado. O jogador deve ligar dois pontos em cada jogada, formando retas. Quem fechar um quadradinho, deve colocar a sua letra inicial dentro dele. O jogo termina quando todos os quadrados estiverem fechados e ganha quem tiver o maior número de letras.

CMEI Aprendendo e Crescendo

ACHOU!

Idade: de 6 a 9 meses

Número de participantes: 2 (um adulto e um bebê)

Sente o bebê no chão ou numa cadeira de frente para você. Pegue uma toalha e cubra o rosto com ela. Tire a toalha e mostre o seu rosto enquanto diz “achou”. Experimente também colocar a toalha na cabeça do bebê e tirá-la.

CMEI Aprendendo e Crescendo

CAÇADA AO TESOURO

Idade: a partir de 5 anos

Número de participantes: a partir de 2

Deixe uma prenda escondida em algum lugar do ambiente. Em locais diferentes, coloque papéis que contenham as pistas que levarão ao tesouro. A primeira deve levar os participantes à segunda e assim sucessivamente até chegar na última, que será o prêmio. Esse jogo pode ser individual ou em equipe.

CMEI Aprendendo e Crescendo

TINTA COMESTÍVEL DE FARINHA

Que tal preparar uma tinta para que a criança pinte o que quiser? E se a criança tiver um irmãozinho pequeno em casa e quiser brincar também? Pode deixar sem medo!


CMEI Raimunda Boeng Gorges - Educadora Juliana de Fátima Cardoso

PINTURA RELEVO

Que tal preparar uma tinta que cresce quando aquece? Tenho certeza que será uma experiência incrível!


CMEI Raimunda Boeng Gorges - Educadora Juliana de Fátima Cardoso

O QUE ESTÁ DIFERENTE?

Faixa etária: a partir de 3 anos

Materiais: brinquedos e/ou objetos diversos (panelas, tampas, potes, etc.) e um pano para vendar os olhos.

Como brincar: coloque sobre a mesa 5 objetos ou brinquedos. Deixe a criança observar e falar seus nomes. Após vende a criança e retire um dos objetos. Ao tirar a venda a criança deverá descobrir qual foi o objeto retirado.

Variações:

Retirar mais de um objeto.

Ir aumentando a quantidade de objetos sobre a mesa.

O adulto ser vendado e a criança retirar um objeto da mesa.

Semana de 25 a 29 de maio

CAMA DE GATO

Faixa etária: a partir de 2 anos

Materiais: fios ou barbantes.

Como fazer: amarre os fios ou barbantes em um ponto fixo e vá passando por entre móveis em diversas direções, criando uma teia. Você poderá ainda colar os fios nas paredes utilizando durex ou fita crepe.

Como brincar: O desafio será passar por entre o emaranhado de fios, as crianças poderão passar só por baixo, depois só por cima e até mesmo pelo meio. Os adultos poderão dar outros comandos, aumentando o nível de dificuldade na passagem, como por exemplo levar objetos ou materiais em suas mãos (bola, ursinho, etc.). Para os menores, propor desafio de engatinhar até um brinquedo, por exemplo.

Esta brincadeira desenvolve a percepção corporal, lateralidade, noção de espaço, além de superação de limites e flexibilidade ao tentar se livrar dos fios.

O TÚNEL

Faixa etária da proposta: a partir dos 06 (seis) meses.

Descrição das propostas: trabalhar a curiosidade, investigação, coordenação motora ampla.

no decorrer da atividade é de extrema importância que as crianças estejam acompanhadas e estimuladas por um adulto durante a realização da brincadeira.

Como fazer: Faça um túnel com uma caixa grande de papelão, abrindo a tampa e o fundo. A caixa pode ser decorada ou colorida. Coloque a criança em um lado da caixa, e um brinquedo na outra extremidade, convidando o bebê a buscar o objeto, atravessando a caixa. Uma variação possível é colocar cadeiras, uma ao lado da outra, e cobri-las com uma toalha ou lençol, a fim de formar um túnel diferente, sem o uso da caixa de papelão.

CMEI Raimunda Boeng Gorges - Chavelli e Francikelly

BRINCADEIRAS DE FAZ DE CONTA

A partir de 3 anos.

Você já brincou com seu filho de faz de conta? A brincadeira de faz de conta é muito importante para o desenvolvimento, nestas as crianças podem imitar as atividades dos adultos, os desenhos, filmes, desenvolvendo a imaginação. Para estimular a brincadeira, segue algumas dicas:

  • prepare materiais: roupas, lenços, chapéu, caixas, etc.

  • não apresse a criança e evite ainda fazer indagações sobre o que ela está inventando. O ideal é deixar imaginar livremente.

  • esteja disponível para fazer o papel do “filhinho”, do herói, da amiga de trabalho, experimentar comidas imaginárias, etc.

O adulto também poderá preparar um ambiente com materiais que levem a um tipo de brincadeira de faz de conta, por exemplo organizar a brincadeira de casinha.

CMEI Raimunda Boeng Gorges - Texto: Daniela Negrão

ACAMPAMENTO

Dias que exigem mais tempo dentro de casa são ótimos para uma cabana, barraca, acampamento ou até mesmo como alguns tem chamado, acantonamento. Uma brincadeira versátil, com os lençóis, cobertas ou edredons que tem em casa.

  1. Faça sua própria barraca de acampamento. Sofá e almofadas se transformam em paredes, os lençóis, cobertas ou edredons o teto, um colchonete ou travesseiros viram a cama e pronto!

  2. Apague todas as luzes da casa e use apenas lanternas ou a luz do celular. Assim como em um acampamento de verdade, isso ajudará a criar o ambiente de acampamento real.

  3. Para fantasiar ainda mais, faça como num acampamento de verdade. Cante músicas, conte histórias, invente brincadeiras, etc.

CMEI Tatiana Belinky

CIRCUITO DE ATIVIDADES

Para todas as idades.

Os móveis da casa podem virar obstáculos, use cadeiras, almofadas, o que tiver em casa. O grau de dificuldade pode aumentar de acordo com a idade, onde poderá ser proposta uma missão: chegar até a parede, passar por debaixo da mesa, contornar as cadeiras, mas sem deixar o balão cair, ou segurando uma bolinha.

CMEI Raimunda Boeng Borges - Texto: Daniela Negrão


Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

ACAMPAMENTO NA SALA

Não tem barraca? Vale montar uma barraca com lençol, levar a cadeira de praia para dentro da sala e preparar lanches iguais em um acampamento, um belo livro com histórias pode completar a brincadeira. Pedaços de papelão fora da barraca podem virar um caminho, um circuito com obstáculos, onde só vale pisar no papelão! Dá até para aproveitar a barraca improvisada, para fazer um teatro de sombras, as crianças podem inventar a história.

CMEI Raimunda Boeng Borges

BORBOLETINHA

Semana de 01 a 05 de junho

CHUVINHA DE PAPEL COLORIDO

Para bebês de 6 a 24 meses

Essa atividade é muito divertida, afinal os pequenos amam uma baguncinha! Sente-se com o bebê no chão e distribua revistas, panfletos, jornais e papéis coloridos. Deixe que ele observe e explore as gravuras.

Depois de manipular bastante o material, proponha que rasgue os papéis em pedaços pequenos. Quanto menores forem os pedaços, maior o grau de dificuldade.

Quando terminar de rasgar, junte os papéis picados em um monte e jogue tudo para o alto. Agora é só deixar o bebê brincar livremente com a chuvinha de papel.

Todas as atividades devem ter acompanhamento seguro de um adulto

Tatiane Pereira Alves - SEMED

Carousel imageCarousel image

ESCONDE-ESCONDE DE DEDÃO

Para bebês de 6 meses – 12 meses.

Para esta brincadeira, você vai precisar de uma caneta esferográfica ou hidrográfica (canetinha) e seu dedão. Para começar, pinte um rostinho no seu dedão. Depois é só começar a brincar, mostrando e escondendo o seu dedão do seu bebê e observar as reações dele. E conforme ele vai vendo o que você faz, ele vai compreendendo o “mecanismo” da brincadeira.

Você pode fazer esta brincadeira escondendo um brinquedo como uma bolinha por exemplo, debaixo de uma fralda, almofada, tampa, etc., perguntando cadê a bolinha?

Este esconde-esconde é uma brincadeira simples e contribui para que o bebê tenha a habilidade de observar detalhes, de se surpreender e de entender como os objetos somem e aparecem. É com esta idade que as crianças começam a perceber que a coisa não sumiu só porque não está vendo.

Cadê o dedão? (depois que esconder).

Achou!! (quando mostrar).

Todas as atividades devem ter acompanhamento seguro de um adulto

Tatiane Pereira Alves - SEMED

JACARÉ NA LAGOA ( CANTIGA DE RODA)

Faixa etária: a partir de 2 anos.

Materiais:

Como fazer: Solicitar que a criança acompanhe a canção e se movimente conforme a música pede em forma de imitação. Pode utilizar todos os recursos existentes como, roupas verdes, capas improvisadas, pintura da mão em forma de jacaré. Os movimentos também podem ser criados pela criança e pelo familiar.

Música

O jacaré foi passear lá na lagoa (repete)Foi por aqui, foi por ali (repete) Aí ele parou, olhou, viu um peixinho, abriu a boca e...nhac!Não pegou o peixinho!

Todas as atividades devem ter acompanhamento seguro de um adulto

CMEI Raimunda Boeng - Educadora Silma de Lourdes Marques